[BOOK REVIEW] Objetos Cortantes por Gillian Flynn

| |


Sinopse: Recém-saída de um hospital psiquiátrico, onde foi internada para tratar a tendência à automutilação que deixou seu corpo todo marcado, a repórter de um jornal sem prestígio em Chicago, Camille Preaker, tem um novo desafio pela frente. Frank Curry, o editor-chefe da publicação, pede que ela retorne à cidade onde nasceu para cobrir o caso de uma menina assassinada e outra misteriosamente desaparecida. Desde que deixou a pequena Wind Gap, no Missouri, oito anos antes, Camille quase não falou com a mãe neurótica, o padrasto e a meia-irmã, praticamente uma desconhecida. Mas, sem recursos para se hospedar na cidade, é obrigada a ficar na casa da família e lidar com todas as reminiscências de seu passado. Entrevistando velhos conhecidos e recém-chegados a fim de aprofundar as investigações e elaborar sua matéria, a jornalista relembra a infância e a adolescência conturbadas e aos poucos desvenda os segredos de sua família, quase tão macabros quanto as cicatrizes sob suas roupas.


'Objetos Cortantes' é o título do romance de estreia da autora Gillian Flynn, que ficou mundialmente conhecida com o livro 'Garota Exemplar' que ganhou uma (ótima) adaptação para o cinema em 2014, com o mesmo título.
Em 'Objetos Cortantes' somos jogados na vida da repórter Camille Preaker que fica responsável por investigar misteriosos assassinatos em sua cidade natal, porém o que parece ser uma pacata cidade acaba se revelando um ninho de intrigas, fofocas e um berço de assassinos em potencial.


"Você pode me ler. Quer que eu soletre para você? Eu certamente dei a mim mesma uma sentença perpétua."


No decorrer das páginas, somos apresentados a vida conturbada de Camille, desde sua infância em que foi completamente ignorada pela mãe, passamos por flashes de sua adolescência rebelde e chegamos ao ponto em que ela se internou em uma clinica para se reabilitar de um problema de automutilação, onde ela escrevia palavras em sua pele com qualquer objeto cortante que encontrava.
A personagem é extremamente realista e apaixonante em seu próprio jeito conturbado e introvertido de ser, o modo como a autora aborda seus problemas com a família e o sua compulsão por marcar palavras em sua pele é feito de forma inteligente e o assunto é tratado de forma realista e convincente diferentemente do modo caricaturesco que normalmente o assunto é tratado nas mídias.

"-Gostaria de ter sido assassinada [...] Dessa forma nunca teria de me preocupar de novo. Quando você morre, se torna perfeita. Eu seria como a princesa Diana. Todo mundo a ama agora."


Outro ponto positivo no livro é a abordagem que a autora dá as relações entre as mulheres da família Preaker, Amma, Adora e Marian são personagens extremamente interessantes e bem construídas e exploradas, e suas motivações, desejos e personalidade são bem construídos e trabalhados no decorrer das 251 páginas.
Mas ao mesmo tempo que a autora se dedicou tanto às mulheres Preaker, ela parece ter se esquecido completamente de fazer isso com os outros personagens que não passam de nomes e sem nenhum carisma, até mesmo o interesse "romântico" da protagonista da história é retratada de forma rasa e desinteressante. Isso faz com que você não tenha mais nenhum personagem interessante no livro sem ser as quatro mulheres.

"As crianças na floresta fazem jogos selvagens secretos."


Mais um tema abordado no livro é o bullying, retratado com um pouco de selvageria até, as "crianças" da cidade pacata provam durante o livro inteiro que debaixo de sorrisos escondem personalidades perigosas e uma crueldade realmente assustadora.

"Algumas vezes se você deixas as pessoas fazerem coisas a você, na verdade você está fazendo a elas."


Um dos pontos fracos do livro é que muitas vezes a autora se perde em diálogos que não acrescentam em nada na história, e cenas que servem mais para "encher linguiça" do que para dar mais sentido a trama.
O real suspeito é desmascarado somente nas últimas páginas, e se você prestar bem a atenção nos diálogos você consegue descobrir quem é o culpado pelos assassinatos.
A conclusão é empolgante e surpreendente, apesar de (assim como em 'Garota Exemplar') parecer ter sido escrito às pressas, mas ainda sim é uma boa conclusão.
A escrita de Gillian flui bem, e como já dito anteriormente ela consegue realmente te fazer apaixonar pela protagonista, apesar do modo conturbado que ela lida com os problemas. Apesar de ser um romance policial, o crime serve mais como um plano de fundo para a história que gira toda em torno dos problemas nas relações das gerações das mulheres Preaker.

21 comentários:

  1. Essa mulher escreve muito bem, já li os dois livros citados e sempre fico meio perturbado com as coisas que ela escreve, principalmente com os eventos de Garota Exemplar.
    Bela resenha, parabéns :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, a escrita dela é incrível, estou completamente apaixonado por ela, só me falta ler 'Lugares Escuros', e já vou com altas expectativas.
      Obrigado.

      Excluir
  2. Oi!!!

    Confesso que não li esse livro e que, como vai sair um filme e minha lista de livros (que tenho em casa) tá gigante, vou acabar não lendo e apenas assistindo o filme (odeio isso, mas as vezes, faço o.o). Todavia, preciso dizer que AMEI o livro e tb o filme "Garota Exemplar", é simplesmente sensacional. De fato, a autora tem uma escrita ótima e cativante. E algo que me desmotivou de querer lê-lo, é saber que gira mais (segundo vc disse) no foco dos problemas da protagonista, medo de cair em uma mesmice (pra mim).


    Beijo!
    Ana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O fato do foco da história ficar mais nas relações dela me decepcionou um pouco mesmo, eu esperava algo mais no estilo 'investigação' como em Garota Exemplar, mas mesmo assim é uma boa leitura.
      xoxo

      Excluir
  3. Eae, blz?
    Gostei demais desse livro <3 Fiquei com o coração na mão em diversas partes e só consegui largá-lo quando terminei de lê-lo.
    Abraço
    http://interessantedeler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O estilo de escrita da Gillian dá essa sensação de desespero e curiosidade insana mesmo, adoro autores que causam esse sentimento.
      xoxo

      Excluir
  4. Eu vi Garota Exemplar recentemente. Antes, eu não dava muita bola, pois o título não me chamava a atenção. Mas depois de ver o filme, providenciei a leitura do livro e ele é maravilhoso <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, 'Garota Exemplar' é incrível, mesmo com um final meia-boca
      xoxo

      Excluir
  5. Oi.. Não li o livro, mas ele foi tão falado ultimamente que coloquei ele na minha lista. Parabéns pela resenha, só me fez ter mais certeza que ele deve fazer parte da minha meta para esse ano. ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente esse livro tem sido muito comentado ultimamente, também foi o que me motivou a lê-lo.
      Obrigado pelo elogio.
      xoxo

      Excluir
  6. Apesar de já ter ouvido falar desse livro, é a primeira vez que leio uma resenha sobre ele e eu realmente fiquei empolgada.
    Eu gostei muito da sua resenha!
    Beijo

    http://canastraliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vale muito a penas lê-lo. E é um livro para se ficar empolgado mesmo.
      Obrigado pelo elogio.

      Excluir
  7. Eu quero muito ler esse livro, gostei da resenha e do que falou dos pontos fracos, só tinha lido elogios! Abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado.
      Também estava louco para lê-lo pois o tema me chamou muito a atenção. E é uma leitura muito boa, apesar de tudo.

      Excluir
  8. Confesso que me interessei simplesmente por ser da Flynn. Eu adorei Garota Exemplar, tanto o livro quanto o filme, achei espetacular. Talvez esse, por ser o primeiro livro dela, tenha mais problemas, mas ainda me parece ser incrível e certamente quero dar uma chance a todos os livros dela.

    http://sobrelivroseletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim sim, ainda é um bom livro, tanto que dei 4 naves espaciais para ele ainda.
      xoxo

      Excluir
  9. Olha só, eu nem li Garota Exemplar (fiquei só no filme), mas a autora teve essa ideia de enredo tão intrigante que me apaixonei por ela! Já tinha uma grande curiosidade em ler outros livros dela, para saber se seguema mesma linha, e sua resenha só me motivou a compra-lo...! Ótimo texto, obrigada por compartilhar!
    Beijos! Nu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado
      Realmente a ideia de Garota Exemplar é incrivel e também foi o que me motivou procurar outros livros da autora

      Excluir
  10. Jason, em que mundo eu vivo? pois não sabia do filme deste livro!! E olha que eu adorei ele!! Aliás essa autora arrasa nos enredos e construção dos personagens!! Amei Garota Exemplar e odiei sua adaptação pro cinema!!
    Beijos, Bru - www.naoemprestolivros.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O filme de 'Objetos Cortantes' ainda esta em pre-produção. Eu já AMEI a adaptação de Garota Exemplar, ótimos autores, nenhuma modificação e manteve o espirito do livro
      xoxo

      Excluir
  11. Olá!
    Adorei a sua resenha! Só vejo elogios a essa obra, quem sabe não leio um dia :)
    Bjs

    EntreLinhas Fantásticas - SORTEIOS NO BLOG! PARTICIPE :)

    ResponderExcluir



ÚLTIMAS RESENHAS