[COMIC REVIEW] Punho de Ferro: Arma Viva Vol. I

| |

Daniel Rand é o herdeiro do empresário Wendell Rand, um homem fascinado pela lenda da cidade mística de Kun Lun, na tentativa de realizar o sonho de finalmente encontrar essa cidade, o empresário arrasta o sócio, e sua esposa com o filho ainda criança, para uma expedição. Porém o empresário é traído por seu sócio, e é morto e sua esposa com seu filho são deixados para morrer.
Danniel então é levado pelos habitantes de Kun Lun para a cidade mística e lá é treinado por 10 anos, tempo em que ele aprende a controlar o seu 'Ki' e assumir o título de 'Punho de Ferro'.
'A Arma Viva' se passa um tempo depois de Daniel retornar para Nova York e recuperar a empresa de seu pai, onde em uma noite é atacado por ninjas que o querem morto enquanto recebe a visita de um dos habitantes de Kun Lun implorando para que volte para a cidade.


Essa foi a primeira HQ solo do personagem que eu li (anteriormente tinha o visto apenas em algumas HQs em conjunto com outros heróis como a série 'Luke Cage & Punho de Ferro'), e fiquei bastante contente com a qualidade do roteiro e a concepção do personagem nessa nova fase da Marvel.
Diferente da parte predominante do Universo Marvel, Daniel vive em luxo cercado de tudo que deseja mas completamente atormentado e traumatizado pelo fantasmas do passado, fazendo dele um personagem extremamente sombrio.
A história é em grande parte narrada pelo herói, o texto e as citações são muito bem escritos, os diálogos são inteligentes e o roteiro se destaca por se afastar bastante do gênero mais "feliz" que a editora normalmente adota. O enredo flui de forma interessante e eletrizante, nos deixando tensos e extremamente curioso para saber o que irá acontecer.


Apesar de no começo a história poder ser um pouco confusa, pois como já disse essa é a primeira HQ solo dele que li e não tenho muitos conhecimentos sobre a história do herói, logo a HQ vai explicando aos poucos a origem do super-herói, a origem de seus poderes, e explicando um pouco mais sobre o vilão da história e a cidade de Kun Lun.
Um dos poucos problemas para mim foi o ilustrador, que apesar de ter um traço interessante, algumas vezes deixa o traço simples demais, mas muito simples mesmo, em uma das cenas uma das personagens fica com o rosto igual ao do pokemon Ditto (dois pontinhos como olhos e um risquinho como boca). Mas fora esses momentos de deslize (ou preguiça?) a arte da HQ é bem interessante, os ângulos aplicados em algumas cenas são bem interessantes e o resultado é muito satisfatório.
Para concluir, 'Arma Viva' é uma boa pedida para os novos fãs do herói, com um roteiro bem resolvido a HQ é uma ótima introdução para a história do personagem. Vale lembrar aqui que a Netflix tem em seus planos uma série solo para o personagem que deve estrear entre ano e o próximo, que deve seguir o mesmo padrão de 'Jessica Jones' e 'Daredevil'. Fico aguardando aqui então a Panini publicar o Vol. II da série, com grandes expectativas.

NOTA: 4.5/5

Um comentário:

  1. Eu ando lendo mais HQ's agora e gostei bastante da sua dica. Vocẽ já leu Preacher? É bem legal também! ^^
    Beijo

    http://canastraliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir



ÚLTIMAS RESENHAS