[MOVIE REVIEW] ANGRY BIRDS

| |

Sinopse: O filme no leva a uma ilha populada por pássaros felizes que não sabem voar - ou quase inteiramente. Neste paraíso, Red, um pássaro com problemas de temperamento, o veloz Chuck e o volátil Bomba sempre foram excluídos. Mas quando a ilha é visitada por misteriosos porquinhos verdes, cabe a estes improváveis rejeitados descobrir o que os porcos estão tramando.



Desde que a Rovio anunciou planos para adaptar Angry Birds para um filme que nunca consegui imaginar em uma maneira lógica para isso funcionar, fui ao cinema ver o filme mais movido pela curiosidade do que pela vontade de ver o filme.
A apresentação dos personagens é feita muito bem, o roteiro foi feito de forma inteligente e até me surpreendi com o fato que conseguiram arrumar um motivo lógico para os pássaros de arremessarem de estilingues gigantes por ai. O destaque do roteiro se dá por easter eggs espalhados pelo filme, desde referências sutis ao Kill Bill de Tarantino até algo mais óbvio como a cena das gêmeas mortas do suspense O Iluminado de Kubrick, essa última garantido algumas risadas. Também é interessante ver como todos os elementos do jogo foram incluidos com perfeição


É claro que para ver um filme desses você tem que colocar sua capinha de criança de 9 anos, como diria a Tatiana Feltrin do Tiny Little Things, mas em alguns momentos você se surpreende com piadas feitas diretamente para adultos, isso não sendo um elogio, já que essas piadas para adultos não são do tipo que deveriam estar tão explícitas em um filme infantil.
O filme segue sem grandes momentos e é um filme que facilmente será esquecido na história do cinema, mas, mesmo assim, é uma boa opção para quem quer um filme leve apenas para um entretenimento e alguns momentos divertidos.

NOTA: 4.5/5

Nenhum comentário:

Postar um comentário



ÚLTIMAS RESENHAS