>

'O VILAREJO' DE RAPHAEL MONTES

|

Sinopse: Em 1589, o padre e demonologista Peter Binsfeld fez a ligação de cada um dos pecados capitais a um demônio, supostamente responsável por invocar o mal nas pessoas. É a partir daí que Raphael Montes cria sete histórias situadas em um vilarejo isolado, apresentando a lenta degradação dos moradores do lugar, e pouco a pouco o próprio vilarejo vai sendo dizimado, maculado pela neve e pela fome.


ONTINUANDO A SÉRIE DE POSTS SOBRE A JORNADA MLV, a próxima parada é na cidade de Néfato, cujo desafio era: Ler um livro nacional da atualidade (que foi publicado nos últimos 5 anos). Para minha vergonha, o único livro brasileiro que tinha e se enquadrava nessa categoria era O Vilarejo, livro que eu já tinha lido aliás, o que me fez pensar que eu preciso prestar a atenção melhor na nossa literatura brasileira contemporânea.
Mas enfim, como já disse que esse é um livro que reli, vocês já devem ter entendido que eu gosto e muito dele, o estilo de escrita que ele segue me lembra bastante as creepypastas que eu lia quando era mais novo. Para quem não sabe, creepypasta é o nome dado a contos curtos de terror que são postados na internet, em fóruns, blogs, e afins; são desses contos que lendas urbanas como o Slender Man e Jeff, The Killer ganharam fama. Desde que entrei em contato com esse tipo de história eu me apaixonei completamente, e cheguei a passar o dia todo lendo histórias do tipo, e consequentemente acordando de pesadelos a noite toda.
Esse livro do Raphael me lembra muito essas histórias por ter um prefácio e posfácio que criam toda uma mitologia que por si só já garantem um certo ar de mistério em volta do livro, que está em um estilo que você encontra bastante em creepypastas e em filmes estilo found footage como A Bruxa de Blair e Atividade Paranormal, a escolha de transformar essas partes do texto em uma história a parte foi genial. O fato de serem contos com uma escrita simples, carregados de violência, que criam uma atmosfera de terror incrível em tão poucas páginas, também me lembram muito esses contos da era digital.


O leitor deve ir avisado que vai encontrar páginas e páginas de horror bem explicito, o gore e a violência explicita reinam absolutos nas páginas desse livro, se você puder ler o primeiro conto (que tem somente 7 páginas) na livraria antes de comprar o livro seria bom, por que então você já vai estar ciente do conteúdo, e se não gosta desse tipo de literatura já vai poder evitar uma certa decepção.
Os contos de O Vilarejo conversam entre si muito bem, é interessante como o autor uniu todas essas histórias em uma só, e apesar de ter um furo aqui e outro ali, que não interferem muito na história, o resultado é positivo. O autor conseguiu criar um clima perfeito para esse tipo de história, uma tensão que acompanha o leitor durante as páginas, a escrita simples faz com que a leitura seja ágil e rápida, o que me fez devorar esse livro em uma hora pela segunda vez. É o tipo de livro, que como diz André Vianco em um dos blurbs da capa, é para ser lido numa sentada só.
As ilustrações, do também talentosíssimo Marcelo Damm, ajudam a criar esse ambiente incomodo do livro, elas conseguem transmitir bem essa atmosfera de pesadelo, com figuras distorcidas e oníricas, imagens que parecem ter saído de um pesadelo muito ruim de alguém.
O Vilarejo é uma obra incrível de horror brasileira, se você gosta do gênero vale muito a pena dar uma conferida nesse livro que em menos de 100 páginas vai te chocar, assustar e deixar aquele gostinho de quero mais.

4 comentários:

  1. Olá, tudo certinho!? Tbm estou na jornada e, também, em Arcania! No entanto, acho que floparei. Algumas coisas aconteceram e acabou que ainda estou na primeira cidade. Mas tudo bem, o importante é se divertir e adoro acompanhar os posts dos participantes.
    O Vilarejo foi o primeiro livro do Raphael que eu li. E, consequentemente, o primeiro pelo qual me apaixonei! É muito maravilhoso!!! Depois li todos os outros. Gosto de todos, uns mais, outros menos. Mas, todos.

    Beijão e boa jornada!

    http://www.aquelaepifania.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi, tudo bem?
    Eu vejo muitos comentários positivos sobre esse livro, mas eu não consigo ter qualquer tipo de relação com o gênero terror. Nem em livros, filmes, séries... Nada! hahaha
    Uma pena, porque adoraria ler esse.
    Beijinhos,

    Galáxia dos Desejos

    ResponderExcluir
  3. Oi, Ozzy! Tudo bem? Esse era o único que você tinha? QUE HORROR! Eu felizmente vivo antenado e lendo ótimos livros nacionais recentes. Aprenda comigo! ;)

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Ozzy!
    Eu nem acredito que consegui concluir minha tbr da Jornada MLV! Mas fiz parte de Galtero.
    Li O Vilarejo há algum tempo e amei. Lendo sua resenha bateu aquela vontade de reler. Acho que vou fazer isso para fazer uma resenha lá pro blog tb.
    Beijos!

    Mais Uma Página

    ResponderExcluir