>

CONCLUINDO JANEIRO DE 2018 + TBR FEVEREIRO

|

ANEIRO FOI UM MÊS MUITO PRODUTIVO DE LEITURAS PARA MIM, li num ritmo que não lia a tempos, aos poucos pretendo retornar ao meu ritmo antigo, e quem sabe voltar a ler meus 80 livros anuais igual fazia... Com esse post vou dar uma resumida nesse mês de leituras, uma maneira rápida de apresentar esses livros que me acompanharam nesse mês, e também apresentar os livros e projetos do mês que se iniciou.









Comecei o ano com esse baita pé direito que foi A Hora da Estrela da Clarice Lispector, esse livro incrível, o primeiro que li da autora, e que me fez ficar apaixonado logo de cara, e querer ler tudo que ela já escreveu na vida. Já fui atrás de outras obras da autora, e estou muito ansioso para começar a lê-los logo. Junto com o livro, também assisti a adaptação para o cinema, que eu amei também, o filme é incrível, vale a pena conferir os dois.
Essa leitura foi parte do projeto Brasil Literário do blog Mais Uma Página.
Para ver o comentário sobre a leitura aqui do blog clique aqui.











Seguindo essa onda de boas experiências de leitura, o segundo livro lido esse ano foi o Ensaio Sobre a Cegueira, livro que falta palavras para descrever o quanto foi incrível a experiência que tive lendo, foi tanta coisa que passou pela minha mente que precisei fazer dois posts aqui para comentar sobre o livro (que você pode conferir clicando na aba Projeto Saramago  na sidebar do blog). Eu já tinha começado a leitura do mesmo antes, porém voltei do inicio e terminei esse ano, é uma daquelas leituras que todos deveriam fazer ao menos uma vez na vida, e uma releitura que farei no futuro.









E então começou a Jornada MLV, essa maratona incrível, que me fez desencalhar uns livros da minha coleção, pena que ela começou de maneira tão desastrosa com o fraquíssimo Maré Congelada, quarto livro da série Queda dos Reinos, e responsável por me fazer abandonar a série de vez, que já vinha apresentando alguns problemas desde o terceiro livro.
Foi a minha primeira decepção literária do ano, e infelizmente, não foi a última. 
Para conferir o post sobre o livro clique aqui










Nessa maré de azar, coloquei minhas mãos no Desafio de Ferro, primeiro livro da série Magisterium, e estou muito decepcionado com o que encontrei, nem sequer me dei ao trabalho de terminar a história, fiquei dias tentando terminar, mas foi uma leitura que não prosseguia de jeito nenhum, e que dava para perceber que não ia levar a nada de interessante. Foi uma terrível primeira impressão dessas autoras, que me fez ficar com um pé atrás na hora de ler os livros que as tornaram famosas.











Saindo dessas duas leituras que me desanimaram um tanto, fui para uma releitura maravilhosa, desse livro curto do Raphael Montes, esse gênio do horror brasileiro que está ganhando cada vez mais fãs por aí, e eu acabei me tornando um deles com esse livro. O Vilarejo é incrível do início ao fim, com uma cara de creepypasta, o livro é recheado de tudo aquilo que uma boa história de horror precisa para te deixar acordado a noite.
Para conferir o post sobre o livro clique aqui.









Como disse, durante a maratona eu desencalhei uns livros da minha estante, e um dos que estavam perdidos por aqui era Fênix: A Ilha, livro que foi a minha primeira surpresa do ano, eu comecei a ler ele a noite, ia ler só o primeiro capítulo para ter uma ideia do que se tratava, acabei só largando quando cheguei na página 150, é uma leitura que flui muito bem, prende muito a atenção, está longe de ser um dos melhores livros da minha vida, mas me entreteve muito.
Para conferir o post sobre o livro clique aqui











O Menino Que Desenhava Monstros é um livro que me deixa dividido até hoje, eu gostei muito de algumas partes, detestei outras, é um mix de emoções falar dele, mas no final da leitura eu consegui aproveitar muitas partes da leitura. É um livro interessante, que por mais que não tenha funcionado bem para mim, acho que funcionaria perfeitamente para outras pessoas, tenho dois amigos que amaram esse livro por exemplo, e por isso recomendo a leitura.
Para conferir o post sobre o livro clique aqui











Finalizando as leituras de janeiro, comecei meu projeto de ler Estranhos Embora Íntimos e Outras Histórias, livro de coletânea com cinquenta contos do incrível F. Scott Fitzgerald, esse autor que é um dos meus favoritos da vida, vou ler uma média de 4 a 5 contos por mês, e vir comentar aqui, assim até no final do ano terei terminado, e sim, estou economizando esse livro por que não quero que acabe tão cedo.
Para conferir o post sobre os contos lidos esse mês clique aqui.



Enfim, essas foram minhas leituras desse mês, da minha TBR ficou faltando dois livros: Doze Anos de Escravidão, que eu comecei e estou terminando, e Antes de Dormir, que não deu tempo de pegar na maratona, mas que será lido esse ano ainda. E agora, apresento a vocês a minha TBR para fevereiro, que pode parecer ambiciosa, mas é mais fácil de cumprir do que parece .



Primeiramente, vamos falar dos projetos do blog, para o projeto Brasil Literário, já citado nesse post, o livro do mês será Capitães da Areia, livro que já comecei a ler uma vez e abandonei, mas que pretendo concluir dessa vez. O Saramago do mês, para o meu projeto de leitura do autor, é O Homem Duplicado, esse livro que assim como o filme baseado nele é 8 ou 80, muitos amam, muitos odeiam, vou descobrir esse mês essa história. 
Doze Anos de Escravidão é um livro que pretendo concluir a leitura logo, falta pouco para acabar, e fazia parte da TBR do mês passado, para cumprir o projeto dos 12 livros para 2018, desse mesmo projeto, para esse mês, o livro que escolhi foi o complicado Lolita, livro que comecei a ler antes mas que odiei tanto o narrador, que resolvi parar, vou pegar firme dessa vez e tentar terminar. Ainda nesse mesmo desafio tem Os Miseráveis, livro que vou ler aos poucos, esse mês pretendo ler apenas a primeira parte: Fantine, vou ler esse livro durante o ano como estou fazendo com o livro do Fitzgerald, então não será uma leitura concluída esse mês.
Outro livro que não terá a leitura concluída esse mês é Moby Dick do Herman Melville, uma releitura que estou fazendo para acompanhar o projeto do canal da Tatiana Feltrin no YouTube, também já comecei a ler esse livro, e em breve posto as minhas impressões nessa releitura que estou amando fazer.
Tormenta de Espadas também é um livro que vou concluir a leitura esse mês, estou arrastando essa leitura comigo desde dezembro, e agora chegou a hora de terminar esse capítulo na saga de Westeros.
Para finalizar a lista, vou ler o curtinho A Teia de Luz, primeiro volume de A Queda de Atlântida, recentemente descobri que As Brumas de Avalon, livro que está na minha lista de 12 livros para 2018, é a conclusão de uma série bem maior, ele pode ser lido a parte, mas se for lido junto da série dizem ser uma leitura mais prazerosa, então resolvi embarcar nessa e começar essa saga da ilha de Avalon que começa nesses livros sobre Atlântida.

Então esse foi o post sobre minhas leituras e minhas expectativas para fevereiro, sei que pode parecer muito, mas vou me esforçar para cumprir, se não der, ainda existem outros 10 meses nesse ano não é mesmo? Mas estou tentando aproveitar ao máximo esse gás que a maratona me deixou. Então boas leituras para todos nós, e até a próxima.

5 comentários:

  1. Oi!
    Eita, compartilho da sua decepção com Magisterium. Eu detestei esse livro. Levei um mes lendo e o final foi horrivel. A escrita nao rende, os personagens não agradam. Sinceramente, não recomendo essa serie, mas sem duvidas peço para que se você gostar de fantasia, de uma chance para os livros solos da Cassandra Clare. As series dela são muito boas, as solos.
    Sobre Queda dos Reinos: encontrei problema no primeiro, tanto que nem sei se quero mais continuar a ler os outros volumes KKKK, provavelmente não.

    Abraços
    David
    http://territoriogeeknerd.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. A Hora da Estrela é um dos livros que eu mais gosto na vida!
    Blog Entrelinhas

    ResponderExcluir
  3. Ensaio sobre a cegueira é MUITO bom!

    O Blog da Fênix agora é Cobaia Amiga! Para comemorar a mudança estou sorteando um presentinho para uma leitora lá no blog: http://www.cobaiaamiga.com/2018/01/sorteio-kit-cabelos.html

    ResponderExcluir
  4. Quantas leituras INCRÍVEIS você fez em janeiro e deve estar fazendo este mês, de acordo com sua TBR. Tem vários queridinhos meus aí: Clarice, minha autora favorita ever. Raphael é um nacional que aprendi a amar desde a primeira página do primeiro livro dele que li - que foi O Vilarejo, rs - e outros. Adorei seu post!

    E vai fundo em Capitães de Areia!

    Beijão!

    http://www.aquelaepifania.com.br/

    ResponderExcluir
  5. OLÁ

    infelizmente eu também AINDA não li nada da Clarice, mas sei que devo e quero muito. A hora da estrela parece ser daqueles clássicos necessários.
    Faz um tempo também que O Vilarejo está na minha listinhas de quero ler :B

    UM BEIJO
    litgrrrl.blogspot.com

    ResponderExcluir