[MOVIE REVIEW] 50/50

| |

Sinopse: Adam (Joseph Gordon-Levitt) tem apenas 27 anos e descobre que está com câncer. O problema é que ele não fumava, não bebia e foi difícil entender porquê foi aparecer um tumor em sua vida. Mas para ajudar a enfrentar esse problema ele vai contar com a ajuda de seu amigo Kyle (Seth Rogen), um cara muito alto astral, e também de uma analista (Anna Kendrick) que não é de se jogar fora. Dessa forma parece até que suas chances de sobrevivência em torno dos 50% não são tão ruins assim. Será que não mesmo? (Fonte: Adoro Cinema)


O câncer já foi um tema muito tratado nos cinemas, desde dramas para choras litros de lágrimas até romances adolescentes, o diferencial de "50/50" ("50%" aqui no Brasil) está no jeito leve e descontraído com que o tema é tratado.
Logo no inicio conhecemos Adam, um cara comum, com ênfase no comum, que tem sua vida mudada após a descoberta de um tipo de câncer raro na coluna, o jovem então se vê em um cenário que ninguém nunca espera, mas na companhia de pessoas que vão fazer de tudo para ajudá-lo.
Sem enormes acontecimentos ou grandes reviravoltas, o roteiro consegue entreter com sua forma simples e bem-humorada, com atores que se saem bem nos papeis de personagens encantadores e interessantes.


O filme varia de momentos de emoção, a tensão e sim, comédia, o que pode parecer estranho para um filme com esse tema, mas o filme consegue te fazer rir (rir não gargalhar é claro) em momentos como o em que Kyle leva Adam para a balada ensinando-o a usar o câncer para conseguir sexo.
Enfim, muitas das vezes menos realmente é mais, e esse filme é um belo exemplo disso, conseguindo comover e entreter o expectador em toda sua simplicidade.

Nota: 4/5

Um comentário:

  1. Poxa, lembro que fui assistir esse filme toda cheia de expectativa, mas acabou que ele nem foi tão legal quanto eu esperava. Não achei um filme ruim, é claro, mas não chegou nem perto de tão legal quanto meus conhecidos disseram, haha
    Enfim, eu achei aqui bem legal, seu layout é super diferente! Gostei mesmo. :)

    Abraço,
    Mago e Vidro

    ResponderExcluir



ÚLTIMAS RESENHAS