[BOOK REVIEW] HALF BAD POR SALLY GREEN

| |

Sinopse: Na Inglaterra em que ele vive, bruxos e humanos dividem o mesmo espaço, sem, no entanto, se misturarem. Entre os bruxos, há os que se autodenominam bons, puros e justos - os bruxos da Luz -, e há, é claro, seus inimigos, aqueles que devem ser combatidos e aniquilados, a origem de todo o mal - os bruxos da Sobra. Neste mundo dividido entre mocinhos e vilões, não ter um lado é um pecado, e esse é exatamente o caso de Nathan, filho de uma bruxa da Luz com um bruxo das Sombras. E seu pai não é um bruxo qualquer, e sim o mais poderoso e cruel que já existiu, acusado de ter matado a mãe de Nathan. O garoto é visto como uma aberração tanto por seus pares quanto pelo conselho dos Bruxos da Luz; uma ameaça que precisa ser domada ou exterminada. E as coisas só ficam mais complicadas conforme o tempo passa: quando ele fizer dezessete anos seus dons serão revelados, e Nathan saberá se é um bruxo da Luz ou das Sombras. Dessa definição dependem suas chances de permanecer vivo.


'Half Bad' é o primeiro livro de uma trilogia escrita pela britânica Sally Green, o livro com uma sinopse cheia de promessas de ser uma série diferente das demais, acaba por ser só mais uma dessas séries novas "fabricadas para vender".
Desde que as séries de livros para o publico jovem começaram a vender mais do que banana nas livrarias, as editoras resolveram atolar esse publico com dezenas de series, trilogias e mega-sagas de qualidade um tanto duvidosa, 'Half Bad' não foge a regra.
O livro é recheado de personagens clichês (o próprio protagonista é aquele mesmo protagonista teen que não se encaixa nos padrões e é revoltado contra o sistema e blah blah blah), não que eu tenha algo contra os clichês, desde que eles sejam abordados de uma forma diferente, o que não acontece.
A mitologia criada no livro é falha, cheia de buracos e contraditória, também dá para perceber que uma boa parte dela é um grande copia e cola de outras séries best-sellers por aí. A história criada para explicar a origem dessas classes de bruxos é uma das histórias mais repetidas, com certeza você já vai ter visto/lido um filme/livro/série com essa mesma história já cansada.
Apesar de tudo o livro até consegue entreter em alguns momentos, que são poucos, mas mesmo nesses momentos a escrita da autora não colabora muito.
Enfim, eu não fui com grandes expectativas para esse livro, mas mesmo assim acabei me decepcionando com ele (afinal ninguém compra/pega emprestado um livro esperando que ele seja ruim), e com certeza não pretendo continuar a série.

NOTA: 1/5

Nenhum comentário:

Postar um comentário



ÚLTIMAS RESENHAS